Quando falamos em louvor e adoração, a primeira idéia que vem em nossas mentes é de estarmos cantando um hino ou um cântico na igreja. É normal pensarmos assim, pois, cantar é a maneira mais utilizada por nós, para expressarmos o nosso louvor e a nossa adoração a Deus.

Mas o louvor e a adoração não se limitam apenas a estarmos cantando hinos ou cânticos ao Senhor nos cultos de domingo. Louvor e adoração são muito mais do que isto: O Louvor e a adoração devem ser praticados como um estilo de vida. Vejamos o que apóstolo Paulo escreveu aos Coríntios: "Portanto quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus" (I Co. 10:31).

Fundamentado nessa passagem, entendemos que para o cristão cada ato da vida deve ser um ato de louvor e de adoração a Deus, ou seja, tanto o louvor quanto a adoração, devem estar presentes em tudo o que fizermos. Eles devem ser manifestados no falar, pensar, vestir, trabalhar, estudar, cantar, orar, nos nossos negócios. Porém, nos cultos da igreja atual, a forma mais popular de louvor e adoração é por meio de cânticos e hinos (Louvor cantado).

Lembre-se que o verdadeiro culto não é momentâneo, e sim, uma entrega diária a Deus como sacrifício vivo, santo e agradável. Pense nisto!!



Cláudio Hidalgo - Responsável pelo Louvor
cladalgo@hotmail.com